Notícias - Anuário sobre reciclagem é lançado em São Paulo

No dia 3 de setembro, foi realizado em São Paulo, o lançamento do Anuário de Reciclagem que traz dados de 2017 e 2018 da reciclagem no Brasil e dos atores envolvidos, principalmente as cooperativas e associações.

O projeto que foi encabeçado pela Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (ANCAT) e com o apoio da LCA Consultores e Pragma, realizaram um trabalho único no país.

Com esse anuário é possível ter a dimensão do processo de reciclagem, mas isso é só uma ponta, o importante de tudo isso é dar mais visibilidade aos catadores, os principais atores da reciclagem no Brasil.

Os catadores de material reciclável não cuidam somente do meio ambiente e reciclagem, mas cuida de muitas pessoas de baixa renda, gerando trabalho e renda para muitas famílias.

Como apresentado no anuário e pesquisa realizada pelo IPEA, com base no Censo 2010, existem aproximadamente 388 mil catadores de materiais recicláveis em todo o território brasileiro. O Movimento dos Catadores de Material Reciclável (MNCR) estima que existam entre 800 mil e 1 milhão de catadores.

“É um marco para os catadores. É um instrumento que coloca números muito claros do trabalho dos catadores e da reciclagem do Brasil e a participação dos catadores nesse processo”, falou Roberto Laureano Rocha, presidente da ANCAT.

Durante foi lembrado pelo Roberto, que de forma inconsciente, os catadores estão contribuindo para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. Isso mostra a importância desses catadores para toda a sociedade.

O coordenador do Comitê de Integração de Resíduos Sólidos (CIRS) ligado a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo, José Valverde, esteve no evento falou sobre o anuário apresentar a evolução da reciclagem no Brasil e que dentro da secretaria está tramitando um protocolo de intenções para que a secretaria e o ANCAT façam uma parceria.

Fonte: EasyCOOP