Notícias - COOPER inaugura sua usina de energia solar

A Cooperativa dos Produtores Rurais da Região de Carajás (COOPER) inaugurou a sua usina solar fotovoltaica voltada para produção de energia renovável, sendo a primeira cooperativa do ramo agropecuário a implantar tal tipo de produção de energia. A usina fotovoltaica da COOPER conta com 1008 painéis fotovoltaicos que convertem a energia proveniente do sol em energia elétrica.

A capacidade de geração de energia estimada da usina é de 47454,85kWh. Segundo Mauro Melo da Silva, presidente da COOPER, a usina foi planejada para atender todas as demandas da cooperativa e cobrir o custo com energia elétrica, que chegava a 55 mil reais por mês. No total, foi feito o investimento de R$ 1.400.000.00 para a instalação da usina, abrangendo todos os custos de aquisição de painéis, instalação de todo o sistema e regularização do processo documental. Com a usina, a cooperativa espera ter em média a economia com energia elétrica de R$ 50.000.00 por mês.

“A instalação da usina foi um grande projeto para nossa cooperativa, que contou com alto investimento e possibilitará a produção da nossa energia de forma autônoma. Além disso, a utilização de uma usina fotovoltaica traz um grande benefício por se tratar de uma fonte de energia sustentável, produzindo energia totalmente renovável e limpa. Não podemos esquecer também que tal modelo de produção de energia também auxilia na diminuição de custos com a conta de luz, fator de suma importância para a nossa cooperativa, tendo em vista as grandes despesas que estávamos tendo” afirma Mauro Silva.

A usina fotovoltaica irá atender as unidades de beneficiamento, o setor administrativo e os pontos de vendas da cooperativa nas cidades de Parauapebas, Canaã dos Carajás, Curionópolis e Xinguara.

“A usina fotovoltaica da COOPER representa um grande avanço para o ramo agropecuário. Com a usina, além de utilizar uma forma de produção de energia sustentável, também é possível obter uma grande otimização no trabalho desenvolvido pela cooperativa, considerando que a diminuição dos custos com energia elétrica proporciona uma baixa nos custos de produção, gerando produtos com preços mais acessíveis, aumentando então as vendas e os lucros da cooperativa”, expõe Ernandes Raiol, presidente do Sistema OCB/PA.

A COOPER - Com sede em Parauapebas a cooperativa foi fundada em 1997 e é destaque no mercado do hortifrúti no estado do Pará e internacionalmente.

 

Fonte: OCB/PA